[1]
H. P. Grangeiro e L. Morais, “História, Literatura e Ficção na Idade Média: reflexões sobre os épicos insulares Beowulf e Táin Bó Cuailnge”, REH, vol. 2, nº 16, p. 88–119, jun. 2022.