[1]
M. R. Pinto, “As batalhas de Olavo Bilac na imprensa carioca: o folhetim Sanatorium como expressão do autoritarismo do governo de Floriano Peixoto”, REH, vol. 1, nº 15, p. 194–215, abr. 2022.