Raízes históricas dos dilemas do processo bolivariano na Venezuela

Autores

  • Fabio Barbosa dos Santos Universidade Federal de São Paulo, campus Osasco.

Resumo

Com o objetivo de refletir criticamente sobre os dilemas enfrentados pelo processo bolivariano, este texto realiza o seguinte movimento. Inicialmente abordamos as linhas gerais da formação venezuelana, discutindo as peculiaridades decorrentes da renda petroleira, que engendrou uma situação descrita por Celso Furtado como “subdesenvolvimento com abundância de divisas”. O objetivo desta seção é mapear os principais constrangimentos estruturais para superar esta condição, enfocados em suas dimensões social, econômica e cultural, para em seguida delinear o contexto que projetou politicamente Hugo Chávez. Na segunda seção analisamos a dinâmica subjacente à autodenominada “Revolução Bolivariana”, salientando os avanços sociais alcançados após catorze anos. Na terceira seção discutimos os limites deste processo à luz dos dilemas estruturais evidenciados pela crise econômica eclodida em 2013, ano em que morre Chávez, e que problematiza a eficácia de uma estratégia revolucionária focada na dimensão política da mudança social e que tem na proposta do Estado Comunal sua proposição mais ousada. Concluímos o texto indicando nexos entre as dimensões conjuntural e estrutural do movimento histórico em curso, sugerindo que o presidente Nicolás Maduro herdou uma situação em que o processo bolivariano liquidou os fundamentos políticos associados ao pacto de Punto Fijo, mas foi impotente para superar os constrangimentos econômicos, sociais e culturais que caracterizam o subdesenvolvimento venezuelano.

Biografia do Autor

Fabio Barbosa dos Santos, Universidade Federal de São Paulo, campus Osasco.

Graduado em História pela USP, Dr em História Econômica pela USP e professor no curso de Relações Internacionais na Universidade Federal de São Paulo, campus Osasco.

Downloads

Publicado

10.12.2017

Como Citar

Santos, F. B. dos. (2017). Raízes históricas dos dilemas do processo bolivariano na Venezuela. Escrita Da História, 4(8), 159–189. Recuperado de https://escritadahistoria.com/index.php/reh/article/view/86